O Poeta não Morreu – Tributo a Cazuza no Beco Beer 19/05/2017

O Poeta não Morreu – Tributo a Cazuza no Beco Beer 19/05/2017

O poeta não morreu mesmo. Sua obra segue forte e… Mesmo os jovenzinhos que não viveram intensamente aquele início de década de 80 da explosão do BRock, curte Cazuza. Curte mesmo! Sabe cantar todas as suas músicas. E assim foi o tributo ao ex-vocalista do Barão Vermelho, morto em 1990 e que virou mito do rock-protesto, MPB explosiva. Suas letras são atuais, mesmo que tenham sido compostas há trinta anos. “Brasil, mostra a sua cara!”, cantava a “molecada” a plenos pulmões diante da banda, no palco do Beco Beer na sexta-feira. Muito bom! Grande banda, diga-se, belas versões, interpretações. Casa cheia, bonita. Uma noite inesquecível para pagar tributo a uma das maiores feras da história do rock nacional. O Poeta, decididamente, não morreu. E vai ter bis. Alguém duvida?!

Comente!

Fechar Menu
WhatsApp chat